Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Secretaria de Igualdade, Cidadania, Direitos Humanos e Assistência Social
Início do conteúdo

“Desafio Pink”deve mobilizar funcionários da FPE na conscientização do câncer de mama

Proposta é de que nas quartas-feiras do mês de outubro trabalhadores usem peças cor-de-rosa

Publicação:

Outubro Rosa na FPE (1)
Desafio Pink
Por Cristine Luiza Schmidt - Jornalista MTB 16704

Com o intuito de alertar sobre a importância da prevenção do câncer de mama, a Fundação de Proteção Especial, em parceria com o Imama, promoverá diversas atividades ao longo do mês, dentre elas o “Desafio Pink”. A atividade propõe aos funcionários o uso de peças na cor rosa, todas as quartas-feiras de outubro.

A melhor forma de prevenir o câncer de mama é realizando o autoexame regularmente. Este é o segundo tipo de neoplasia mais predominante nas mulheres, porém, se descoberto cedo, tem grandes chances de cura. Por isso a importância deste cuidado e da conscientização”, destacou o Presidente Edir Domeneghini.

Estimativas do Instituto do Câncer (Inca) apontam que apenas em 2021 hajam 66.280 novos casos no Brasil, sendo este o tipo mais prevalente entre as mulheres, totalizando 24,2%.

Segundo a Chefe do Núcleo de Qualificação Profissional, Elisandra Moreira, o “Desafio Pink” visa criar um movimento chamando a atenção das pessoas para a causa. “Queremos ressaltar a importância das pessoas se conscientizarem que a detecção precoce está correlacionada ao aumento dos índices de cura da doença”.

Sobre o câncer de mama

O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células anormais da mama, que forma um tumor com potencial de invadir outros órgãos.

Um nódulo ou outro sintoma suspeito nas mamas deve ser investigado para confirmar se é ou não câncer de mama. Para a investigação, além do exame clínico das mamas, exames de imagem podem ser recomendados, como mamografia, ultrassonografia ou ressonância magnética. A confirmação diagnóstica é feita por meio da biópsia.


Há vários tipos de câncer de mama. Alguns têm desenvolvimento rápido, enquanto outros crescem lentamente. A maioria dos casos, quando tratados adequadamente e em tempo oportuno, apresentam bom prognóstico.

O câncer de mama também acomete homens, porém é raro, representando apenas 1% do total de casos.


Fundação de Proteção Especial